Casa e energia: dicas de Feng Shui para cada cômodo

dicas de feng shui

Mesmo se você não acredita tanto assim, provavelmente já leu alguma coisa sobre Feng Shui e deu uma olhadinha no mapa de energia da sua casa – seja por curiosidade ou pelo benefício da dúvida.

O que é Feng Shui?

A técnica milenar chinesa trabalha os fluxos de energia, criando ambientes propícios ao bem-estar e ao desenvolvimento pessoal e profissional. O objetivo é usar a energia em circulação a seu favor, atingindo equilíbrio e harmonia em diferentes aspectos da vida: trabalho, família, amigos, criatividade, relacionamento, sucesso, prosperidade e espiritualidade. Esses segmentos compõem o baguá, um mapa dos centros de energia aplicado na residência e nos cômodos.

A energia que circula pela casa é chamada de chi (ou qi) e é influenciada por móveis, objetos decorativos e outros elementos, como luz e janelas. A disposição adequada desses itens traz benefícios nos campos relacionados a cada cômodo, podendo inclusive ser pensada a partir de metas pessoais.

Dicas de Feng Shui para cada cômodo

A forma mais conhecida de aplicação da técnica é na planta da casa, associando os cômodos a cada área do baguá.

Cada ambiente traz uma simbologia própria, associada a dicas de Feng Shui. Por exemplo, o quarto é a área de descanso, o que demanda atenção às cores e à posição da cama; a sala é um espaço de convívio e troca de energia, que é distribuída para os outros cômodos; a cozinha e os alimentos estão relacionados à prosperidade; o banheiro é um local sensível, por onde escoa a energia.

Entrada principal e Sala

  • A entrada deve ser bem iluminada e convidativa, com objetos decorativos (plantas ou quadros, por exemplo), desde que não obstruam a passagem das pessoas e o fluxo de energia da rua.
  • Na sala, o sofá deve estar na parede, transmitindo sensação de segurança, estabilidade e mantendo um campo de visão aberto.
  • Devem predominar cores naturais da terra e branco, para tranquilidade, com pontos de cores vivas (como vermelho), para incentivar a integração e a conversa.

Quartos

  • Casal: local de refúgio e descanso, que deve inspirar tranquilidade e amor. Dê preferência a cores suaves (como amarelo, azul claro e rosa) e móveis de madeira clara. A cama não deve estar de frente para a porta, diretamente, mas deve ser possível ver quem entra. Fotos do casal são bem-vindas.
  • Crianças: mantenha fotos de familiares no quarto, pois transmitem segurança. Cores suaves inspiram serenidade, enquanto tons mais fortes e quadros de ação podem suscitar maior agitação.
  • Evite pendurar objetos pesados no teto e na parede acima da cama, pois provocam sensação de ansiedade e preocupação.

Cozinha

  • Os alimentos estão associados a prosperidade e riqueza. Frutas e ervas devem estar expostos, pois purificam o ambiente e atraem fartura e criatividade no preparo das refeições.
  • A cozinha deve ser bem iluminada, com luz natural ou artificial, pois a luminosidade traz sensação de segurança.
  • Retire o lixo com frequência e não deixe alimentos estragarem na geladeira, para não acumular energia parada.

Banheiro

  • A água corresponde à prosperidade, e uma vez que ela escoa pelos ralos e vaso sanitário, o mesmo acontece com a energia. É importante cobrir os ralos com tapetes e manter a porta e o tampo do vaso fechados.
  • Opte por cores claras e objetos associados à terra (em madeira e na cor verde).
  • A decoração deve ser minimalista e o ambiente deve estar sempre limpo e organizado.

Outros elementos do Feng Shui

  • Plantas filtram o ar e a energia, proporcionam sensação de prazer e diminuem o estresse. Em geral, dê preferência a plantas que crescem para cima, evitando aquelas com folhas voltadas para baixo (pois não elevam a energia do lar). Retire sempre as folhas secas e flores murchas.
  • Incensos energizam os ambientes e aromatizante de laranja ajuda a melhorar o humor.
  • Cristais elevam a energia positiva do lar e possuem diferentes propriedades, dependendo do tipo. É bom deixá-los próximos a aparelhos eletrônicos.
  • Espelhos trazem energias positivas e ajudam a tranquilizar a mente. Não devem ser colocados em frente à porta de entrada, para não expulsar a sorte. Crianças podem ser sensíveis aos espelhos, por isso é bom não deixá-los no quarto.
  • O acúmulo de objetos em casa interfere no fluxo energético, provocando a sensação de saturação e cansaço. Já os objetos quebrados, além de bloquear energias positivas, podem atrair vibrações negativas – devem ser descartados, a menos que possam ser consertados.
  • Assim como o acúmulo, a bagunça cria pontos de estagnação da energia, que se refletem em nossas emoções. É importante manter os ambientes arrumados para a energia fluir livremente.

Vai aproveitar as dicas de Feng Shui para reformular a arrumação da casa?

Confira os produtos de decoração com desconto no Peixe Urbano!