Comida brasileira: conheça 15 pratos típicos de norte a sul do país

comida brasileira

Vamos falar de um dos melhores atributos da nossa brasilidade: comida! De norte a sul do país, encontramos uma diversidade de ingredientes e pratos típicos para saciar qualquer apetite.

Podemos dar a volta ao mundo e experimentar as iguarias mais exóticas, mas nada como voltar para o conforto do nosso feijão com arroz. Confira alguns dos pratos que colocam a comida brasileira entre as mais ricas gastronomias nacionais.

Pratos do Sudeste

Feijoada

Essa dispensa apresentações. A combinação de carne de porco com feijão preto ainda ganha acompanhamentos irresistíveis: couve, farofa, rodelas de laranja e arroz branco.

Feijoada CompletaReprodução/Peixe Urbano

Feijão tropeiro

Um dos queridinhos da cozinha mineira, também encontrado em São Paulo e Goiás. Feito com feijão carioquinha, farinha de mandioca, linguiça, ovos, torresmo, alho, cebola e outros temperos.

Feijão TropeiroReprodução/Peixe Urbano

Frango caipira

Aquele prato com gostinho de interior, que se apega à tradição de aproveitar todas as partes da galinha, temperada com alho, cebola, cheiro verde e outros ingredientes a gosto do chef!

Pratos do Centro-oeste

Galinhada com pequi

Um clássico da culinária goiana, que combina todas as partes da galinha – marinadas no alho, cebola, óleo, osuco de limão e salsinha – com pequi, fruto nativo do Cerrado com sabor peculiar. Ainda entram arroz, tomate, pimenta e outros ingredientes no misturadão!

galinhada com pequiReprodução/SP Jornal

Caldo de piranha

Piranha é um peixe voraz e delicioso, principalmente neste tradicional caldo matogrossense. Temperado com cebola, pimentão e outras especiarias, a receita é simples e nutritiva, muito consumida no dia a dia.

caldo de piranhaReprodução/Paladar – Estadão

Mojica de pintado

Mais um clássico do Pantanal, preparado com peixe pintado, que não tem espinhos, e mandioca. O nome “mojica” tem origem indígena e significa “o que vem do rio com mandioca”. O prato pode vir acompanhado de arroz e pirão.

Mojica de pintadoReprodução/Nogueirense

Pratos do Nordeste

Baião de dois

Arroz com feijão elevado a outro nível de brasilidade. Feito com feijão fradinho ou de corda, o prato nordestino leva arroz, carne-seca, queijo coalho e temperos. Combina muito bem com macaxeira, como é conhecida a mandioca por lá. Com uma manteiguinha de garrafa por cima, então…

Baião de DoisReprodução/Peixe Urbano

Acarajé

O acarajé deveria ser patrimônio histórico e cultural brasileiro, já que veio com os negros escravizados para o Brasil e ganhou outros ingredientes da nossa terra, como camarão, caruru e vatapá. O bolinho é um símbolo da Bahia, feito com massa de feijão-fradinho, cebola e sal, frito em azeite de dendê. E não se engane quando a baiana perguntar se quer que sirva “quente”, pois vem pimenta boa por aí.

acarajéReprodução/Camil

Moqueca

De peixe, camarão ou frutos do mar, o prato já ganhou versão vegetariana (deliciosa também!). A versão baiana do cozido leva pimentão vermelho, amarelo e verde, leite de coco e não economiza no azeite de dendê. Deve ser preparada na panela de barro!

moquecaReprodução/Peixe Urbano

Pratos do Norte

Pato no tucupi

Um prato muito popular da culinária amazônica, que combina pato, tucupi (líquido extraído da mandioca brava) e jambu (aquela planta que deixa a língua dormente). Costuma ser servido com arroz e farinha de mandioca.

pato no tucupiReprodução/Agite Manaus

Maniçoba

Uma espécie de “feijoada” do Norte, com folha de mandioca no lugar do feijão, além de paio, costelinha e carne de porco. Os acompanhamentos são arroz e farinha. É o prato principal no tradicional almoço do Círio de Nararé, em Belém.

Tacacá

De origem indígena, o tacacá é um tipo de caldo mais denso, feito com goma de tapioca, caldo de tucupi, sal, jambu, alho, camarão e pimenta. É servido na cuia, um recipiente também conhecido como cabaça, feito com o fruto da cuieira.

tacacáReprodução/Peixe Urbano

Pratos do Sul

Churrasco gaúcho

O churrasco é outro prato que dispensa apresentações, mas não podia ficar de fora. A carne é cuidadosamente escolhida e muito bem preparada pelos gaúchos, com atenção ao corte, às facas usadas e ao fogo bem feito. Sim, tem ponto ideal do fogo para colocar a carne na churrasqueira!

ChurrascoReprodução/Peixe Urbano

Arroz carreteiro

Original do Rio Grande do Sul, o prato era preparado para os carreteiros, mercadores que transportavam cargas pela região em carretas. Combina arroz com carne de charque, tudo bem temperadinho.

arroz carreteiroReprodução/Peixe Urbano

Polenta

Preparada com fubá, água e sal, a polenta foi importada da culinária italiana e fez tradição no sul do país. Pode ser servida pura ou como acompanhamento para diversos pratos. Uma delícia em todas as suas versões: frita, na chapa ou cozida.


Bateu a fome? Confira os restaurantes de comida brasileira na sua região!