7 maravilhas gastronômicas de Portugal

Maravilhas gastronômicas de Portugal

Diversificado e cheio de bons ingredientes, Portugal bate um bolão quando o assunto é comida. Bacalhau à Zé do Pipo, sardinha na brasa, pastel de Belém, pataniscas. Hummm!!! São tantos quitutes deliciosos que fica difícil escolher um preferido, né? Aproveitando o Dia de Portugal, que tal experimentar um pouquinho dos sabores da Terrinha, hein? Confira 7 maravilhas da cozinha portuguesa que nós separamos para você. Mas cuidado, o Peixe Urbano adverte: elas vão te deixar com muita água na boca.

 

Bolinho de bacalhau

Reprodução / Pinterest

Uma especialidade da gastronomia portuguesa, o bolinho de bacalhau conquistou também os brasileiros. A primeira receita oficial do quitute tem data de 1904 e consta no livro Tratado de Cozinha e Copa, de Carlos Bandeira de Melo – um oficial do exército português. A obra dele entrou para a história como a primeira a apresentar uma receita do petisco. Legal, né?

 

Bacalhau à Zé do Pipo

Reprodução / Pinterest

Típico da culinária de Portugal, o bacalhau à Zé do Pipo leva no nome o apelido do autor da receita, José Valentim – dono de um restaurante tradicional da cidade do Porto. Criado na década de 1940, o prato é preparado com bacalhau, maionese, purê de batata, cebola, leite, azeite, pimentão vermelho, louro, azeitonas, entre outros ingredientes. Depois de cozido, a iguaria é gratinada com queijo parmesão ralado. Que delícia.

 

Sardinha na grelha

Reprodução / Pinterest

Principal peixe do país europeu, a sardinha, claro, está entres os principais pratos da culinária local. Além disso, o prato – originária da região de Lisboa e Vale do Tejo – é uma das 7 Maravilhas da Gastronomia de Portugal. A melhor maneira de prepará-lo é às vésperas com sal grosso. A maravilha fica melhor ainda quando acompanhada de pimentão assado também na brasa e batata cozida. Puro sabor.

 

Pastel de Belém

Reprodução / Pinterest

Em 2011, o pastel de Belém ou pastel de nata também foi eleito uma das 7 Maravilhas da Gastronomia de Portugal. Um dos mais tradicionais doces da cozinha portuguesa, ele é original e exclusivo da Fábrica dos Pastéis de Belém, em Lisboa. Poucos mestres pasteleiros sabem a receita do quitute, sob juramento e assinatura de termo para não divulgarem os segredos dele. Que responsabilidade, hein?

 

Alheira

Reprodução / Pinterest

Um embutido típico da culinária portuguesa, a alheira leva carne de aves, pão, azeite, banha, alho e colorau. A iguaria pode ser consumida com batatas cozidas ou fritas, com legumes, arroz e ovo frito. Uma das versões mais famosas é a alheira de Mirandela, que também figura entre as 7 Maravilhas da Gastronomia de Portugal.

 

Cozido à portuguesa

Reprodução / Pinterest

Composto por vegetais, carnes e embutidos cozidos, o prato também é um dos tradicionais da cozinha portuguesa. A combinação de ingredientes geralmente leva feijão, arroz, batata, cenoura, nabo, couve, entre outros, acompanhados de carnes bovina, de frango ou suína, como entrecosto, orelha e pé de porco. E aí, já está salivando?

 

Pataniscas de bacalhau

Reprodução / Pinterest

Um prato simples, com formato irregular, mas delicioso. As pataniscas de bacalhau levam farinha de trigo na produção, o que as diferem do bolinho de bacalhau, que é feito apenas com batata para dar liga. Geralmente é temperado com sal, pimenta e salsa – maravilhas da culinária – que dão um gostinho ainda mais especial ao quitute.

Deu até vontade de experimentar essas delícias de Portugal, né? Aproveite para conferir mais curiosidades sobre a culinária da Terrinha. Ou… se preferir, pode viajar para lá e conhecer o verdadeiro sabor da cozinha portuguesa. Uma boa também, né?!